Trabalho de conclusão de curso

Analogias entre cinema mudo e narrativa musical: considerações poéticas e análise textural da segunda peça de En Blanc et Noir de Claude Debussy

Menan Medeiros Duwe
Orientador: Dr. Guilherme Antonio Sauerbronn de Barros

Florianópolis, 2011.

Resumo: Neste trabalho elaboramos uma discussão e uma aplicação da proposta de utilização dos recursos de edição do cinema mudo como modelo para interpretar a narrativa musical do período tardio de Claude Debussy. Discutimos as referências poéticas na obra para dois pianos En blanc et noir, de 1915 – que envolvem a situação pessoal do compositor, o impacto da Primeira Guerra Mundial sobre ele e a sua visão estética. Estabelecemos analogias entre a narrativa e as técnicas de montagem utilizadas no cinema mudo na segunda das três peças dessa música, embasando-as nas referências levantadas e em uma análise das linhas que constituem a textura musical.

Palavras-chave: En blanc et noir, Debussy, Analogia, Cinema mudo, Poética, Textura.

http://www.pergamumweb.udesc.br/dados-bu/000000/000000000012/000012A2.pdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s